quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Bolo Real do Paraíso





Ponha 500gr. de açúcar em ponto de cabelo e retire do lume para juntar a 250 gr. de amêndoas raladas. Junte 15 gemas de ovos, sendo 5 com claras. Leve a mistura ao lume até fazer castelo pequeno. Retire do lume e misture 200 gr. de pão ralado. Trabalhe esta mistura e junte a canela. Unte uma forma com
manteiga, polvilhe com farinha e... deite a “espécie” que não deverá chegar até às bordas da forma. Leve ao forno em lume brando.

Depois de cozido pode cobrir com uma fina camada de ovos moles.

Delicia este doce conventual, criado no convento do Paraíso em Évora, que através da simplicidade dos seus elementos mas da especialidade da sua confecção nos consegue deixar de barriga cheia e alma preenchida.

Convento do Paraíso

Fundado em 1450 por dominicanas, devido ao sistema de emparadamento de três irmãs nobres de apelido Galvoas, este convento passou à terceira Ordem de S. Domingos em 1499. Um grande benemérito desta casa foi D. Álvaro da Costa, conselheiro do rei D. Manuel.
O nome do convento advém de uma oferta de uma escultura da virgem, por uma dama eborense, de nome: D. Isabel Afonso. Foi uma das últimas casas monásticas, tendo sido fechada em Novembro de 1897, depois da morte da sua prioresa, soror Maria Isabel do Coração de Jesus.

Fonte original todos os direitos reservados a: https://deliciarte.wordpress.com








Sem comentários:

Enviar um comentário

Printfriendly